quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Convite

Descrição do convite: Fundação Municipal de Cultura apresenta:
No lugar da leitura, a biblioteca. Setembro de 2017.
Identidade visual do projeto: no centro uma menina negra bem pequena olha com atenção um livro aberto, à esquerda uma menina mais velha, cabelos longos, olhos fechados, passa a mão pela superfície de um livro, à direita um menino usa fones de ouvidos, com olhos fechados. Atrás aparecem duas estantes, repletas de livros. No alto está escrito, A Fundação Municipal de Cultura apresenta. À direita, os dizeres: No lugar da leitura, a biblioteca. Imagem monocromática em tons pastéis. 
No alto à direita, logo do FLI-BH e Primavera Literária. 2º Festival Literário Internacional de Belo Horizonte. 3ª Primavera Literária. 14 a 17 de setembro de 2017
Texto:
O curso “No lugar da leitura, a biblioteca” propõe uma reflexão sobre a relevância social da escrita, a singularidade da leitura literária e as condições para a participação de todas as pessoas, com olhar específico para as com deficiência. Estão convidados professores, bibliotecários, auxiliares de biblioteca, mediadores de leitura e agentes culturais.

Módulo 1 – Luiz Percival Leme Britto (doutor em Linguística e professor da Universidade Federal do Oeste do Pará)
15 e 16 de setembro – 8h30 às 13h30

Módulo 2 – Carla Mauch (pedagoga e coordenadora geral da ONG Mais Diferenças)
28 e 29 de setembro – 13h30 às 18h30

Local: Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte
Centro de Referência da Juventude (Praça da Estação, s/nº - Belo Horizonte)

Inscrições gratuitas por módulo: https://nolugardaleitura.blogspot.com.br
Informações: nolugardaleitura@gmail.com
Vagas limitadas


Patrocínio: Incentivo à Cultura de Belo Horizonte/Fundação Municipal de Cultura/Prefeitura de Belo Horizonte.
Realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte
O curso é uma iniciativa do projeto 710/2015 "No lugar da leitura, a biblioteca".

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Os professores



Os dois professores do curso No lugar da leitura, a biblioteca possuem vasta experiência na área. Conheçam:

Luiz Percival Leme Britto - doutor em Linguística e professor da Universidade Federal do Oeste do Pará. Pesquisador, professor e formador de professores na área de Educação e Linguagem, coordena o Lelit – Grupo de pesquisa e intervenção em leitura, escrita e escola – e o Pacto Nacional pela alfabetização na idade certa – PNAIC / Oeste do Pará. É membro do Movimento por um Brasil Literário e autor de várias publicações, entre elas “A sombra do caos – ensino de língua x tradição gramatical”, “Contra o consenso – cultura escrita, educação e participação”, “Inquietudes e desacordos: a leitura além do óbvio” e “Ao revés do avesso: leitura e formação”.

Carla Mauch - pedagoga, coordenadora geral da ONG Mais Diferenças, empreendedora social da Ashoka, líder da Rede de Inclusão Social do Centro de Excelência em Tecnologia e Inovação em Benefício das Pessoas com Deficiência da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e membro do Conselho Consultivo da Ouvidoria da Defensoria Pública do Estado de São Paulo (DPE-SP). Está à frente do Projeto Acessibilidade em Bibliotecas Públicas, iniciativa do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas do Ministério da Cultura.


segunda-feira, 31 de julho de 2017

No lugar da leitura, a biblioteca

Apresentação 

O projeto "No lugar da leitura, a biblioteca" contempla a realização de um curso para profissionais que trabalham com a formação de leitores, com especial destaque para as bibliotecas. Dividido em dois módulos, o curso será ofertado em duas perspectivas: a primeira abordará os discursos sobre a leitura, a importância social da escrita, a especificidade da leitura literária e a biblioteca como espaço para a formação de leitores; a segunda tratará da acessibilidade para pessoas com deficiência e das políticas públicas para tal no âmbito das bibliotecas. Cada participante receberá um conjunto de livros, de gêneros distintos, refletindo e ampliando as discussões propostas.

O projeto tem como objetivo contribuir para a formação continuada dos profissionais – professores, bibliotecários, auxiliares de biblioteca, agentes culturais etc. - que lidam com a formação de leitores, especialmente em bibliotecas, em Belo Horizonte. Através de uma reflexão sobre a importância social da escrita, da singularidade da leitura literária, das condições para a participação de todas as pessoas, especialmente para as com deficiência, o curso pretende discutir a importância da biblioteca como instituição para o acesso permanente ao conhecimento registrado pela escrita. 

O MÓDULO 1 será ministrado pelo prof. Percival Leme Britto, da Universidade Federal do Pará e abordará temas como o acesso ao conhecimento e à cultura escrita; a leitura como valor simbólico, econômico e social; a formação de leitores; a especificidade da leitura literária; a formação dos profissionais e a mediação da leitura nas bibliotecas.

Já o MÓDULO  2, ministrado pela coordenadora da ONG Mais Diferenças, Carla Mauch, abordará os conceitos para pensar em uma biblioteca para todos; recursos de acessibilidade e formatos de livros; a biblioteca como espaço e tempo para a leitura e a formação de leitores; mediações acessíveis e práticas de leitura inclusiva.